sábado, 27 de setembro de 2014

Creme milagroso: 5 funções em um só produto. Surpreenda a sua pele!


Muito bom! Na primeira aplicação já é possível sentir a diferença na textura da pele. Sempre utilizei o Prime, mas estou encantada com o resultado do BB Cream, porque faz o papel de base também. Escolha a tonalidade certa para o seu tom de pele e surpreenda-se! Não utilizo nada com óleo e ele é livre de óleo. Farei estoque, srsr
Não sei quanto as outras marcas. Comprei da L'Oréal por quase 30,00.
L'Oréal Paris B.B. Cream Creme Milagroso 5 em 1 50ml
BB Cream vem do termo Blemish Balm, uma nova geração de cuidado facial originada na Ásia que acumula diversas funções em um só produto. 
Leia a descrição do produto:

L'Oréal Paris B.B. Cream Creme Milagroso 5 em 1 - Ideal para uma cobertura natural pele seca, normal ou oleosa

O B.B. Cream L'Oréal Paris é um creme milagroso que contém 5 benefícios em um só produto de fácil aplicação. Sua ação deixa a pele com uma cobertura perfeita de forma imediata, oferecendo:
1. Hidratação da pele
2. Suaviza imperfeições
3. Uniformiza e ilumina
4. Ação antibrilho
5. Protege dos raios UV com FPS20
O B.B. Cream L'Oréal Paris é um cuidado completo adaptado para todas as idades, com uma fórmula oil-free e enriquecida com pigmentos minerais que minimizam a aparência dos poros de forma eficaz, e com uma textura de rápida absorção e um leve toque de cor.
Sua fórmula contém:
Extrato de Mirtilo - ricos em flavonóides, tem propriedades anti-inflamatórias, adstringente e refrescante, deixando a pele suavizada, melhorando sua elasticidade e firmeza e devolvendo ao rosto sua luz  natural, e aumentando sua vitalidade.
Perlite - complexo mineral utilizado para controlar a transpiração excessiva, ajudando na absorção do suor.
Como usar B.B. Cream L'Oréal Paris:
Aplique com os dedos o B.B. Cream L'Oréal Paris sobre a pele limpa e seca. Para um cobertura mais intensa, aplique uma camada adicional.
Resultados:
O B.B. Cream L'Oréal Paris proporciona um cuidado especial da pele, tratando 5 fatores essenciais para a saúde da pele num só gesto e com uma cobertura natural, hidratando, suavizando imperfeições, uniformizando e iluminando, controlando o brilho e protegendo de raios UV com FPS20.

Observação: no verso da embalagem consta essa informação: esse produto não é um protetor solar. Então, proteja-se utilizando um protetor de sua preferência e utilize-o como um complemento de beleza.
 
 

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Que tal um bolo com gotas de chocolate?

Primeiramente faça a massa do bolo de sua preferência. Depois de assado retire do forno. Pegue a metade de uma barra de chocolate e separe os quadradinhos. Com o bolo ainda quente insira por toda a extensão do bolo os bloquinhos de chocolate. Se quiser aperte-os com o auxilio de uma colher de sobremesa para que se aprofunde no bolo. Retorne a assadeira para o forno que ainda está quente (desligado) para que o chocolate derreta com mais rapidez. Depois vire o bolo em uma travessa.
Faça a cobertura com a outra metade da barra de chocolate. Se não quiser colocar em banho-maria..É possível derreter o chocolate diretamente na panela, mas o fogo deve estar o mais baixo possível. Para não queimar mexa sem parar. Assim que estiver totalmente derretido, desligue o fogo e acrescente o creme de leite. Caso queira uma cobertura encorpada coloque menos creme de leite. Coloque na geladeira para ganhar uma consistência mais firme. O bolo frio é mais saboroso.
Esses pontinhos brancos é do fermento que não dissolveu totalmente (pressa, srsr), mas não alterou em nada no resultado do bolo.

Empurre com o dedo o quadradinho de chocolate, depois pressione um pouco mais com o auxilio de uma colher.
 

Se desejar decore com nozes, chocolate granulado ou raspas de chocolate.

Utilize a sua criatividade na hora de decorar. Hoje deixei o bolo simples assim.

A massa do bolo de chocolate que faço é muito simples, não é preciso separar claras em neve e os ingredientes são batidos todos juntos. Muito prático para quem não tem tempo. Quem quiser a receita peça que a disponibilizarei.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

O que fazer quando a assadura afeta o bebê?

 
É importante deixar o bebê o mais sequinho possível, pois a umidade e o calor proporcionado pelo aquecimento da fralda fará com que o aspecto da assadura piore. Então, troque-o com mais frequência. Se o bebê fizer cocô, o melhor é dar um banho para tirar todos os resíduos.
Se estiver calor, tente deixá-lo sem fralda por um tempinho, num lugar que seja fácil de limpar (prevendo o tamanho do desastre se ele fizer xixi ou cocô), ou durante uma soneca diurna. Tomar um pouco de sol na área afetada ajuda na cicatrização -- mas só o sol de antes das 11h e depois das 16h, e por uns 15 minutinhos.
Se depois desse período de dois dias a assadura não tiver ido embora, ou tiver piorado, fale com o pediatra, pois deve haver algum outro tipo de infecção, fúngica ou bacteriana, que exija tratamento específico.
Há pomada que a indicação é para prevenir e há pomada que a indicação é para tratar. Uma que já usei e achei muito boa é a Dermodex Tratamento: contém nistatina e óxido de zinco, proporcionando alívio rápido causado pelo incômodo das assaduras, além de não conter corticóides na sua formulação. A Nistatina é um antibiótico com características fungicida, utilizado universalmente no tratamento de infecções da pele e mucosas. O óxido de zinco é um adstrigente e antisséptico que exerce ação suavizante cicatrizante e protetora da pele nas afecções que apresentam erupções superficiais.
Não utilize pomada que contenha corticoide sem consultar o pediatra. É arriscado para a saúde do seu bebê.
Uma receitinha caseira que utilizei para aliviar o incomodo foi o amido de milho (Maizena), depois de limpar bem o bumbum apliquei uma pequena quantidade no local. Na hora que passei o amido o meu bebê até sorriu devido a sensação de refrescância que o pó proporcionou.
Outra dica: nas trocas de fralda, principalmente na de cocô tenho um grande aliado: óleo próprio para a pele do nenê. Faz uma grande diferença na hora da limpeza. Você pode utilizar vários lenços, mas quando passa o lenço com um pouco de óleo nota que ainda estava sujo e que o lenço não tirou totalmente o resíduo. Essa é uma boa maneira de evitar que a assadura aconteça.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

As cólicas do nenê. Saiba porque elas acontecem!

Toda a verdade sobre as cólicas
 
1. Por que o recém-nascido tem cólica?
Ainda há muitos pontos obscuros sobre esse assunto. Não existe, por exemplo, uma causa exata. As cólicas são atribuídas à associação de alguns fatores, entre eles a imaturidade dos sistemas gastrintestinal e nervoso central, que, entre outras funções, controla as contrações do intestino. Como o processo de formação e funcionamento desses mecanismos ainda não está completo, ocorrem movimentos intestinais descoordenados que acabam provocando as dores. Passados três meses, esses sistemas adquirem maturidade e as cólicas deixam de fazer parte da rotina da família.
 
2. Por que algumas crianças têm cólicas e outras estão livres delas?
Cada indivíduo é único no que diz respeito a fatores genéticos e biológicos, o que explica parte da questão. A outra parte diz respeito ao ambiente. Embora não haja dados científicos sobre o assunto, os pediatras concordam que a atitude dos pais conta pontos. "A criança percebe tudo a sua volta, inclusive a tensão e a ansiedade dos pais", explica o neuropediatra Mauro Muszkat, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). "A reação a esses estímulos externos pode ser a cólica." Tanto isso é verdade que, para o pediatra Ruy Pupo Filho, autor do Manual do Bebê (editora Campus Elsevier), a cólica é quase sempre uma característica do primeiro filho - o segundo costuma ter bem menos e o terceiro quase não tem. Excesso de agitação, como som e TV altos ou brincadeiras prolongadas, também pode desencadear ou turbinar as cólicas. Respeito ao ritmo e ao sono do bebê é fundamental.
 
3. Como saber se o choro é mesmo devido à crise de cólica?
Primeiro, por eliminação: o bebê está com fome? A fralda está molhada? Está com calor? Com frio? Se essas possibilidades foram descartadas e o choro continua, é grande a probabilidade de ser cólica. Além disso, há algumas características específicas: o bebê se contorce, o rosto fica vermelho e com expressão de dor, as mãos se fecham e o choro estridente parece inconsolável. Em muitos casos, as crises costumam acontecer no mesmo horário - à tardinha ou no início da noite.
 
4. Se o bebê mama no peito, a alimentação da mãe pode fazer diferença na presença e na intensidade das cólicas?
"Há pouca relação comprovada entre a cólica e a alimentação da mãe", afirma o pediatra e nutrólogo Mauro Fisberg, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). "O único alimento que sabidamente aumenta as cólicas do bebê se ingerido pela mãe é o leite de vaca, mas só se ela tiver alergia à proteína do leite de vaca ou intolerância à lactose." É possível que a mulher tenha esses problemas e não saiba, ou apenas descubra durante a amamentação, quando, em geral, por ordem médica, aumenta o consumo de leite e derivados.
 
5. Bebê que toma fórmula industrializada tem mais cólica do que o que é alimentado no seio materno?
Não há consenso sobre a questão. Para o nutrólogo Mauro Fisberg, a incidência é muito semelhante nos dois casos. "O que pode fazer diferença é que, se a amamentação for bem orientada, o bebê que mama no seio engolirá menos ar do que aquele alimentado por mamadeira e, conseqüentemente, terá menos cólicas", observa. Já o pediatra Ruy Pupo Filho acrescenta: "O leite materno é mais bem absorvido pelo organismo, além de conter elementos que contribuem para o amadurecimento rápido do intestino das crianças", afirma. "Com isso, a incidência de cólicas é menor em recém-nascidos que mamam no peito."
 
6. Quais as formas mais eficazes de combate a essa dor?
A primeira recomendação (por mais que pareça difícil) é manter a calma. "É preciso quebrar o círculo vicioso que se estabelece: a criança tem cólica, os pais ficam nervosos, o bebê sente mais dor, gerando ansiedade crescente nos pais e assim sucessivamente", diz a pediatra Lílian dos Santos Sadeck, do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas, ligado à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). "O que mais funciona é o pediatra conversar bastante com o casal, passando tranqüilidade e mostrando que se trata de uma questão puramente fisiológica, não de uma doença." Mas, se mesmo assim a crise vem, que medidas tomar? "Fazer massagens circulares na barriguinha e aquecê-la com bolsa térmica ou flexionar e estender as perninhas, fazendo bicicleta, ajuda", recomenda. "O contato pele com pele também tem efeito relaxante e calmante", orienta Ruy Pupo. "A mãe ou o pai devem deixar o bebê só de fralda e colocá-lo em contato com o corpo deles." Remédios, apenas com recomendação médica.
 
7. Chás e funchicória realmente funcionam?
Há pediatras que admitem o uso desses recursos, outros que não recomendam, portanto converse com o seu antes de decidir. "Não há comprovação da eficácia, mas em alguns casos parecem trazer alívio", diz Lílian Sadeck. Se a criança mama no peito, o chá, de camomila ou erva-doce, deve ser oferecido na colherzinha e nunca na mamadeira, para não interferir na amamentação. A quantidade também deve ser pequena. "Algo com cerca de 10 mililitros", aconselha a médica.
 
8. É verdade que enrolar o bebê em um cueiro ajuda a aliviar as cólicas?
O método das nossas avós de enrolar o bebê em um cueiro como maneira de acalmá-lo voltou à moda. A técnica pode até ajudar, por fazer com que ele se sinta mais protegido - afinal, simula o ambiente "apertadinho", porém familiar, do útero nos últimos dois meses da gravidez. Mas o colo da mãe pode ter o mesmo efeito de aconchego e segurança, sem restringir tanto os movimentos do pequeno.
 
9. Bebê que não arrota depois de mamar terá mais cólica em seguida?
Se o bebê engolir ar durante a mamada e não arrotar, pode haver formação de gases e, consequentemente, cólicas. Mas não significa que ele deva arrotar sempre que mama - não é regra que em toda mamada ele engula ar, principalmente se a pega do seio for correta, com a boca do bebê cobrindo a maior parte da aréola e o lábio inferior virado para baixo, formando um beicinho. Se a criança se alimenta com mamadeira, mantenha o bico sempre cheio de leite.
 
10. Durante a crise de cólica, algumas mães tentam amamentar para acalmar o bebê. É correto dar de mamar nessa hora?
Sugar tem efeito calmante e pode ajudar, sim. Mas, se ele mamou faz pouco tempo, costuma não ser uma alternativa adequada. "Nessa situação, o seio não terá mais tanto leite e há risco de a criança engolir ar, formando gases. Consegue-se, assim, o efeito contrário: aumentar bastante a cólica", explica Lílian Sadeck.

Leia a matéria na íntegra: http://bebe.abril.com.br/materia/toda-a-verdade-sobre-as-colicas

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Dinossauros no Zoológico de São Paulo



Efeitos especiais dão movimentos aos dinossauros e os tornam quase reais. Em meio a floresta é possível ouvir alguns deles. Esteja bem próximo deles na exposição O Mundo dos Dinossauros, que começou quarta-feira no Zoológico de São Paulo (Avenida Miguel Stefano, 4.241, tel.: 5073-0811), de segunda a domingo, das 9h às 17h. Não deixem de conferir!

Fonte: http://www.dgabc.com.br/Noticia/842482/dinossauros-invadem-o-zoologico?referencia=minuto-a-minuto-lista

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Artes que desenvolvi!

Que tal um quadro feito de lã? Esse quadro aconteceu sem planejamento. Um dia montava uma parte e em outro fazia a outra parte. Assim surgiu essa arte abstrata. Se quiser se aventurar nesta técnica...Utilize cola branca da melhor qualidade para que o processo de colagem seja mais rápido. Invente, seja criativa e faça algo com a sua personalidade para decorar a sua casa.

                                          Veja outras ideias criativas que você pode fazer:
Que tal decorar um tambor para colocar brinquedos?

Quadros feitos com lápis de cor

Arte a mão livre diretamente na parede. Precisa ter coragem, srsrrs

Que tal um organizador de meias para a gaveta ficar sempre em ordem?

Para decorar a porta do quarto!

Puff para o seu filho assistir televisão!

Aloe Vera (Babosa) comprovado! Cicatrizante extraordinário!



Olha, recentemente postei informações sobre a Babosa, mas não imaginei que precisaria utilizar. Exagerei na utilização de um gel dermatológico para ser utilizado na pele e o resultado foi catastrófico. Acabei ferindo a minha pele. E o que passar? Pensei em creme para assadura (de nenê), mas não solucionaria o problema que causei. Olhei outras pomadas que tenho em casa e nada resolveria, pois a pele ficou ferida e precisava de algo que acelerasse a cicatrização. Estava doendo e queimando. Na realidade essa era a ação do medicamento que usei em excesso. Então, sai pelo condomínio procurando por um pé de Babosa, pois lembrava de ter visto um, mas para a minha surpresa haviam tirado. E agora? Como achar? Fui pesquisar na internet. Encontrei um lugar maravilhoso. É possível encontrar diversos tipos de mudas de plantas e há excursões de escolas para conhecer as plantas e se divertir em um espaço bem agradável.
 No local há cursos sobre como fazer uma horta orgânica. Comprei uma folha grande por 5,00 reais.
Sensação após usar a Babosa: alívio, sensação de ter usado algo milagroso, pois já senti que a cicatrização começou com força total e em breve terei a restauração completa da minha pele.
Importante lavar o local, secar com cuidado e aplicar uma pequena quantidade do gel. Importante repetir esse procedimento umas três vezes ao dia.
Lembrei que a minha querida amiga Elaine comentou que utilizou uma vez para cicatrizar a pele depois de uma depilação mal sucedida.

Acesse e conheça melhor: http://www.sabordefazenda.com.br/

domingo, 7 de setembro de 2014

O que fazer quando um gigante aparece em seu caminho?


O que é gigante para você?

Há coisas que parecem inatingíveis. Gigantes que parecem invencíveis. O que fazer diante deles? Retroceder ou se preparar para vencê-los? Nenhuma dificuldade é enfrentada com êxito se não houver preparação, persistência e determinação para encará-la de igual para igual. Hoje venci um gigante. Há algum tempo olhava para ele pela internet ou mesmo andando por seus caminhos e não me imaginava com coragem para vencê-lo. Andei por vários lugares, fui da zona norte até a zona sul sozinha dirigindo, mas a Fernão Dias parecia muito distante para o meu potencial. Até que fui desafiada pelo meu marido. Ele me disse: “você vai dirigir neste domingo até Atibaia”. Aiiii, bateu aquele medo. E aquelas curvas? E a extensão dela? Será que aceito? Pensei comigo, sozinha: “acho que devo buscar um instrutor para me conduzir na primeira viagem”, mas havia contatado um e ele não me deu retorno. Então, fui atrás do conhecimento teórico. Assisti vídeos no youtube e vários outros sobre como guiar com segurança pela Rodovia Fernão Dias. Porque os maiores bens que tenho nessa vida estariam em minhas mãos: meu marido e meus dois filhos. Quanta responsabilidade! Quem dirige por essas rodovias deve falar igual a muitos: “é mais fácil dirigir em rodovia do que pelos bairros de São Paulo”. Tudo bem! Até parece coerente. Mas para mim a Fernão Dias estava em um patamar muito além do meu simples conhecimento de guiar um carro. Bem, hoje acordei e me preparei. O meu marido perguntou: está segura? Em nenhum momento hesitei: “falei: sim!” E oramos antes pedindo proteção do único que pode nos livrar de todo mal: Deus! E fomos. Sabe.... o momento mais tenso foi o de entrar na rodovia, depois curti e curti muito. Achei muito mais fácil do que pintei em minha imaginação.
Portanto, para que serve esse texto? Para dizer que dirijo pela Fernão Dias?! Não! Esse texto serve para incentivá-los a vencer todos os gigantes que aparecerem em seus caminhos. Você é capaz! Vá em frente! Nunca desista.

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Video - Banho do nenê

Aprendi na maternidade. Há alguns dias fiz uma postagem com as fotos do passo a passo. E agora disponibilizo o vídeo para vocês assistirem como dar o banho desde os primeiros dias de vida até se sentir segura e o nenê também, para mudar a maneira de dar o banho.

 
 
 
https://www.youtube.com/watch?v=Z66sNST77oA


quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Brinquedos importantes para crianças de até 3 anos

Olha papais os brinquedos que são indicados para seus filhos nos primeiros anos de vida! Acesse o link e obtenha as informações.

http://revistavivasaude.uol.com.br/familia/10-brinquedos-essenciais-para-criancas-de-ate-3-anos/3056/

Um deles são os blocos de montar. Desperta a criatividade dos pequenos e a coordenação motora.
Sugestão de matéria: Joyce Bueno.

Que tal comer batatas crocantes? Sem fritar por imersão!

Tire a casca da batata Asterix e corte fatias o mais fina possível. Coloque em uma panela antiaderente e regue com um pouco de óleo de milho e misture as batatas neste óleo. Não coloque sal ainda. Ligue o fogo e deixe a parte da batata que está em contato com a panela dourar bem, depois vire as batatas e continue virando até que fiquem bem douradas, não deixe o fogo muito alto, de médio para baixo. É possível fazer também no forno, mas a forma precisa ser antiaderente para que a batata não grude. Quando estiver bem dourada coloque um pouco de sal e sirva. Se preferir faça um molho a bolonhesa caprichado para comer com estas batatas. Se quiser cubra as batatas com o molho. Opcional: coloque queijo por cima para gratinar. Não é preciso fazer arroz, pois a batata é carboidrato. Mas, se quiser comer com arroz faça o cálculo certo para não comer carboidrato em excesso. Um pouco de batata e um pouco de arroz. Excesso não faz bem! Uma saladinha de rúcula com tomate também é uma delicia para acompanhar ou servir de entrada.
Nesta textura ou mais fina que conseguir.


Explicação: por que tiro a casca? Porque ela fica com uma textura muito dura e é difícil para o meu bebê comer.

Você sabia que Aloe Vera. Aqui no Brasil mais conhecida como Babosa tem ação cicatrizante?

Tenho uma amiga que durante um processo de depilação em casa acabou se ferindo. Ela utilizou o gel contido dentro da Babosa para passar no local lesionado e teve excelentes resultados. E o melhor de tudo é que é natural!


Veja uma matéria que saiu na Folha de São Paulo. Há controvérsias sobre ingerir a Babosa, mas há pessoas que faz o uso em sucos e em outros preparos. No final da matéria é comprovado que como cicatrizante realmente atinge o resultado proposto.
Leia a matéria:
http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2013/10/1362408-saude-responde-a-babosa-ialoe-verai-pode-ser-consumida-in-natura.shtml


terça-feira, 2 de setembro de 2014

Que tal um antioxidante natural para combater o envelhecimento da pele?

Acredito que muitos sabem a importância que alimentos antioxidantes tem para o organismo. Saiba um pouco mais sobre o cacau.
 Conforme a nutricionista Karin Honorato: O fruto é a matéria prima do chocolate e segundo ela, tem muitos nutrientes. “O cacau é considerado o alimento que possui maior quantidade de antioxidantes”, afirma. De acordo com a nutricionista, essas substâncias protegem nossas células contra o ataque de radicais livres, prevenido doenças.
O cacau também possui boa quantidade de manganês, que é importante para saúde do nosso sangue, de acordo com a nutricionista. Ela também destaca o zinco, que ajuda na imunidade e “dá mais qualidade aos fluídos sexuais”.
Outra substância presente no cacau é o cobre. Ele ajuda na formação da hemoglobina. A fruta ainda possui uma substância chamada feniletilamina, que “traz para o nosso organismo a mesma sensação de quando estamos apaixonados“. E junto com o magnésio ajuda a diminuir o apetite.
De acordo com a nutricionista, o chocolate precisa ter no mínimo 60% de cacau para possuir os nutrientes citados. O alimento ainda deve ter pouco açúcar e não conter leite em sua fórmula. O consumo diário recomendado é, em média, de 30 gramas.
Karin alerta que o chocolate branco não possui os benefícios citados, pois é feito de manteiga de cacau.
Fonte de pesquisa:http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2012/03/cacau-e-considerado-o-alimento-com-mais-antioxidantes-diz-nutricionista.html
Como utilizar o cacau como máscara para o rosto?
Amei esta introdução sobre o cacau. Que tal utilizá-lo como aliado para ter uma pele mais viçosa e sedosa? Não tem contraindicações. A não ser que você esteja grávida. Neste caso, sempre é bom consultar o seu médico. É muito simples e os resultados são imediatos. Há algum tempo fazia o uso da máscara uma vez por semana, mas depois parei. Agora a minha pele pede um HELP! Pois, estou em tratamento para tirar manchas e marcas indesejáveis. E a minha pele está muito sensível e precisa de algo a mais.
Modo de fazer: faça uma mistura de cacau em pó, mais ou menos uma colher de sopa para duas de iogurte natural (sem açúcar). Misture bem.
 Limpe o rosto e seque-o. Aplique por todo o rosto e deixe por uns 10 minutos. Enxague com água fria. A sedosidade, o viço e a maciez são notórios desde a primeira aplicação.
 
Deixe secar no rosto! Meu cabelo está com estes pontinhos brancos, porque estou com uma máscara feita com tutano de boi no cabelo, falei dela em uma das postagens anteriores. No entanto, o foco da matéria de hoje é o rosto.

Sem maquiagem. A pele fica mais clara e muito mais bonita. Claro que ainda estou fazendo tratamento com o auxilio de um dermatologista para tirar algumas manchas.