sábado, 9 de agosto de 2014

CineMaterna - Cinema para mãe de bebê de até 18 meses.

É muito ruim se sentir isolada de tudo e de todos por ter um recém-nascido nos braços. Antes não era possível ir ao cinema com tranquilidade com um bebê, mas isto mudou. Conheça mais sobre o CineMaterna e faça amizade com outras mães que vivem a mesma experiência que você!.



Acesse: http://www.cinematerna.org.br/

Usar o celular enquanto dirige é a maior causa de acidente no mundo

Escrever mensagens de texto e falar ao telefone sem o uso do viva-voz são uma das principais causas de acidente      

20% dos motoristas dizem escrever mensagens de texto enquanto estão dirigindo. Foto: Divulgação
20% dos motoristas dizem escrever mensagens de texto enquanto estão dirigindo. 
Por mais que seja proibido, muitos motoristas ainda usam o celular enquanto estão ao volante. E isso não acontece só no Brasil. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Centro de Tecnologia Allianz (Allianz Center for Tecnology – AZT), situado em Munique, na Alemanha, que analisou as causas e consequências da distração, e constatou que um terço dos acidentes acontecem por esse motivo.
Na análise, 20% dos motoristas admitiu que escrevem mensagens de texto ou e-mails enquanto estão dirigindo, enquanto 30% apenas leem estas mensagens, mesmo “raramente” ou “ocasionalmente”.
“Escrever mensagens de texto enquanto se dirige é ainda mais perigoso do que usar o telefone, porque os olhos, mãos e mente estão altamente envolvidos”, disse o Dr. Jörg Kubitzki, pesquisador de acidentes do AZT e autor do estudo.
Já 40% dos entrevistados disseram que fazem ligações telefônicas sem o uso do viva-voz, mesmo sabendo que é algo proibido. Por outro lado, aproximadamente 60% das pessoas consideram o uso de telefone celular como uma das formas mais perigosas de se distrair no trânsito.
O risco de acidente aumenta de 2 a 5 vezes se o motorista está utilizando um celular, independentemente se estiver segurando na mão ou no modo viva-voz. Nos acidentes registrados nos últimos três anos, 43% dos entrevistados admitiram estar usando um telefone celular, contra 26% que não estavam.
A distração do motorista também é uma das causas de acidentes, assim como o estresse e o cansaço, apesar de que muitos entrevistados não acreditaram que são suficientes para causarem um acidente: 72% das pessoas se disseram distraídas por eventos fora do veículo ou pelos passageiros do automóvel. Outro causador de acidentes é tentar segurar algum objeto que caiu dentro do carro, o que aumenta o risco em cerca de 15%. Ajustar o banco e retrovisores e colocar o cinto de segurança com o veículo em movimento também pode gerar alguma colisão.
Fonte: http://jornaldehoje.com.br/usar-o-celular-enquanto-dirige-e-maior-causa-de-acidente-mundo/

Parcães ou Cachorródromo

Parcães: parques para cães

Já existem espaços assim, apelidados carinhosamente de parcães, nas cidades de São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro. Neles, cães e donos podem aproveitar o verde da cidade grande, seguindo algumas regras de etiqueta

-  A  A  +
                                
 
Enquanto os cães correm livremente e interagem com outros animais, seus donos fazem novos amigos, trocam dicas e promovem atividades, como feiras de adoção e concursos. É o que acontece nos "parcães" ou cachorródromos, espaços em áreas públicas onde os animais podem ficar soltos. Com tanto bicho reunido, implantam-se regras de bom senso entre os usuários, como manter a vacinação em dia, não levar cadelas no cio (para evitar brigas) e, claro, recolher os indesejáveis dejetos de seus pets. Conheça algumas cidades que já contam com parques do tipo para levar seu amigão:

Rio de Janeiro • Só nos fins de semana, o Parcão da Lagoa recebe cerca de 700 cães. A área foi disponibilizada para adoção da iniciativa privada pela Fundação Parques e Jardins, da Prefeitura do Rio, e três petshops cuidam da manutenção da área.
Av. Epitácio Pessoa (próximo ao Corte do Cantagalo). Horário de funcionamento: livre (melhor ir aos sáb. e dom., das 9h às 12h e das 16h às 18h). Informações: (21) 22861042

Curitiba
• Quando passeava com seu cocker spaniel pelo bairro Centro Cívico, o advogado Levy Lima Neto viu um quintalzão verde, cercado por árvores - um paraíso para cães. Não demorou para outros donos passarem a levar os bichos para brincar no local.
R. Manoel Eufrásio, altura do 1500. Horário de funcionamento: livre (melhor aos sáb. e dom., das 15h às 18h). Informações: acesse a comunidade Parcão Curitiba no Orkut

São Paulo • O cachorródromo do Ibirapuera, em São Paulo, também foi adotado como espaço para a cachorrada brincar. E ninguém tem desculpa para não limpar o cocô do seu pet: frequentadores penduram puxa-sacos pelos postes e árvores do terreno.
R. Curitiba, s/n, ao lado do Círculo Militar (próximo ao Obelisco). Horário de funcionamento: das 8h às 17h

Sopinha para o seu bebê!

Não é fácil variar o cardápio no dia a dia. Imagina então preparar as refeições para um bebê que está começando a conhecer os sabores! É importante modificar para a criança não enjoar do alimento e ao mesmo tempo experimentar todos os tipos de verduras, folhas, legumes e carnes.

Uma dica de sopinha:


Papinha de carne, abóbora, batata e couve

Ingredientes

- 1 colher de sobremesa de óleo vegetal

- 1 colher de chá de cebola picada

- 2 colheres de sopa de carne moída

- 1 batata pequena cortada em cubos pequenos

- 2 colheres de sopa de abóbora cortada em cubos pequenos

- 2 colheres de sopa de couve picada

 Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e a carne moída. Acrescente em seguida a batata e a abóbora. Cubra com água, tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a couve e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

 Rendimento: 1 ou 2 porções

Se a criança estranha encontrar os pedacinhos da carne moída, peça ao açougueiro uma carne que não desfia e cozinhe bem. Uma sugestão é: músculo.

Importantíssimo: Jamais, em hipótese alguma bata os alimentos no liquidificador. Coloque a sopa no prato e amasse com garfo, no começo amasse bastante e conforme a criança aprende e tem segurança para engolir vá amassando cada vez menos. Permita a seu filho sentir o gosto e também a textura dos alimentos, esse será um aprendizado muito importante para o desenvolvimento intelectual dele.
A quantidade de sopa que seu filho vai comer deixe ao critério dele, assim como você fazia com o peito ou a mamadeira, ele vai parar de comer assim que estiver satisfeito. Importante é você disciplinar ele para os horários das refeições. Dar a sopa na hora do almoço e também no jantar todos os dias. Evitar o consumo de outros alimentos próximo do horário das refeições para não atrapalhar o apetite da criança.
Armazenamento: Uma dúvida comum é se pode dar a mesma sopa mais de uma vez. Sim você pode preparar uma quantidade de sopa que dê para mais de uma vez, pode guardar na geladeira por até 24 horas (apenas aqueça a quantidade de sopa que o seu bebê vai comer naquela refeição o restante deixe na geladeira) e se preferir pode congelar em quantidades exatas para uma refeição e descongelar somente quando for dar para seu bebê (neste caso o tempo máximo de armazenamento que eu recomendo é de 30 dias). Pode usar o microondas tanto para aquecer como para descongelar.
Dr Charles Schwambach
Quinta-feira levei os meus filhos à pediatra Dra Carmem  Solange Badaró Marques (Mestre em Pediatria pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Mestre em Perinatologia pelo Hospital Israelita Albert Einstein). Pediatra que cuida dos meus filhos desde o nascimento. Fiz as seguintes perguntas para trazer para vocês:
E conforme meu filho de dois anos foi demonstrando as suas preferências pelas guloseimas as dúvidas surgiram.
Posso dar salgadinho para ele? Qual é o mais saudável? O de polvilho seria um deles? (dois anos)
Resposta: não dê nenhum tipo de salgadinho. Ofereça cereal em um potinho.
 A noite se o meu filho não quiser o leite? (5 anos). O que posso dar para substituir? Eu disse que dou fruta.
Resposta: de preferência dê um iogurte, pois contém leite e cálcio.
 Dica da Dra Carmem: fale uma única vez com seu filho de maneira firme e olhando nos olhos dele. As mães se desgastam muito repetindo a mesma coisa diversas vezes. Caso resista coloque em algum canto sem brinquedo e televisão para pensar (em pé).
Minha visão sobre a dica acima: Estou menos estressada e eles mais obedientes.
Outra dica: Para tirar a fralda espere o tempo esquentar e vá aos poucos mostrando o penico, isto quando ele já conseguir falar coco e xixi para pedir, mas mantenha a fralda até ele ter mais segurança para não usá-la (meu filho tem 2 anos e 1 mês).
Outra informação: até 5 anos é normal a criança fazer xixi na cama. Se ele dorme as 22h e o coloca às 2h da manhã e depois às 7h30 e ele acorda seco, tudo bem. Mas, se mesmo colocando nestes horários ele ainda acordar molhado...É preciso conversar com o pediatra dele.
Converse com seu marido sobre a maneira que escolheram educar. Exemplo: Se a criança pede para brincar com a chave (que não é brinquedo de criança), você não quer deixar e seu marido sempre deixa, então, conversem para os dois falarem a mesma linguagem para a criança não ficar confusa.
Hora de brincar: deixe a criança brincar sem interferir muito na brincadeira dela, para que ela desenvolva a criatividade. Quando quiser que ela pare, avise um pouco antes: daqui a pouco vamos guardar tudo para dormir e daqui a pouco faça o que você prometeu.
Outra dica: incentive seu filho a cuidar das suas coisas: guardar sapato, tirar e colocar a roupa sozinho. A partir de 3 anos é possível que ele já consiga. Deixe ele tentar. Não queira fazer tudo por ele. Afinal, você quer educar para ele conseguir se desenvolver bem e ser independente.
Ofereça os alimentos picados e deixe a criança comer sozinha. Assim que os dentes começam a nascer já é possível deixa-los mastigar pequenos pedaços de carne.
 

 

Sugestão de lanche!


Hoje é um dia que ninguém quer ficar de plantão na cozinha! Que tal fazer algo rápido, saudável e gostoso?! Comi este lanche em Serra Negra e de vez em quando faço aqui em casa.
Ingredientes:
Duas fatias de pão de forma integral
Folhas de rúcula devidamente higienizadas e lavadas
Queijo prato (gosto mais de muçarela, mas fica a critério de cada um). Se você estiver em uma fase mais saudável pode utilizar a muçarela de búfala.
Salame
Tomate seco

Se você tiver sanduicheira coloque o pão montado e deixe até ficar tostadinho! É uma delicia! No entanto, se você não gostar de algum ingrediente é só substituir por outro de sua preferência!
                                               Na sanduicheira fica bem tostadinho!
 
Dica para higienizar as folhas e as frutas:
 Depois de  lavar bem as folhas, deixe-as de molho em um litro de água para uma colher de solução. Deixe agir durante 10 minutos, enxágue bem. Utilizo vinagre para tirar o cheiro do produto. Seque antes de usar. No mercado você encontra PuriVerd para higienizar frutas e legumes, mas na Super Cândida (lateral do produto) também há informação de como higienizar as folhas e as frutas.