sábado, 20 de dezembro de 2014

Óleos que fazem a diferença no cabelo. Veja qual é o mais indicado para o tipo do seu cabelo!

Óleo de flores: o principal óleo obtido das flores é o Monoi do Tahiti. Restaura a elasticidade e flexibilidade dos fios. Graças às suas propriedades e à composição rica de ácidos graxos, trata-se de um excelente emoliente para produtos que cuidam dos cabelos. De textura leve e extremamente perfumada, possui efeito condicionante para a fibra capilar. Use se você precisa... Obter proteção solar e maleabilidade na hora de pentear. 

 Óleo de Abacate: Contém formula de peso leve e facilmente absorvida pelo cabelo e couro cabeludo. Possui nutrientes essenciais para o crescimento e fortalecimento de todos os tipos de fios. Ajuda no processo de combate à queda e ainda garante hidratação e nutrição. Use se você precisa... Maciez, brilho e evitar a queda de cabelo. A mais: Quando passar o óleo de abacate na hora do banho, use menos condicionador nas pontas para não pesar muito. 

Óleo de Oliva: É um excelente emoliente natural que proporciona maciez e revitaliza os fios. Também funciona como um rejuvenescedor para o cabelo e recupera a elasticidade, além de oferecer brilho e evitar a quebra. Use se você precisa: Recuperar as pontas duplas e revigorar cabelos secos. A mais: Para tratar profundamento os cabelos com o óleo de oliva, misture quantidades iguais de azeite e água. Lave os fios com xampu e depois aplique a mistura no couro cabeludo. Deixe agir de 5 a 10 minutos e lave novamente. Ou deixe o azeite morno e aplique massageando as mechas de cabelo, depois lave com xampu e condicionador.

Óleo de Semente de Uva: Super hidratante e umectante para as madeixas. Rico em vitaminas E e C e betacaroteno, é considerado um remédio natural para o crescimento dos fios e contribui para cabelos mais brilhantes e fortes. Use se você precisa: Dar maciez para os fios crespos e ressecados. 

Óleo de Macadâmia: Rico em substâncias antioxidantes, ácidos graxos, vitaminas e minerais, ajuda a hidratar e proteger os cabelos dos desgastes causados por processos químicos, como colorações, reflexos e alisamentos. Ainda possui ação regenerativa e dá um aspecto saudável ao cabelo. Use se você precisa... Hidratar os fios ressecados, disciplinar o volume de cachos e controlar frizz. 

Óleo de Açaí: Sua principal ação é a antioxidante (evita o envelhecimento). Ao mesmo tempo em que restaura, nutre a fibra capilar danificada. A recuperação dos fios é duradoura. Também protege do calor da prancha e do secador, sela as pontas duplas e desembaraça os fios com facilidade. Use se você precisa... Oferecer blindagem contra o calor do secador e prancha e recuperar fios danificados por processos químicos. A mais: Adicione o óleo de açaí à coloração. Assim, forma um filme protetor que prolonga a cor.

Óleo de Coco: Rico em vitamina E e ácidos graxos, como láurico e oléico, suas principais funções é dar brilho aos fios, hidratar profundamente as cutículas capilares e amenizar as pontas duplas. Use se você precisa: Nutrir e dar brilho para os cabelos. A mais: Não misture óleo de coco com os de origem mineral ou silicone. Se tem cabelo muito fino, use-o em quantidade moderada. Para intensificar o resultado: passe-o em todo o cabelo e se possível for, durma com ele no cabelo. No dia seguinte enxague bem com xampu, utilize o condicionador e sinta o resultado. 


 Óleo de Argan: Penetra na fibra capilar e quase, instantaneamente, melhora a elasticidade folicular e aumenta a nutrição. É rico em antioxidantes naturais que são efetivos combatentes de radicais livres (que são responsáveis pelo envelhecimento). Use se precisa: Potencializar uma máscara de tratamento ou uma alternativa de leave-in.

Fonte: IKesaki Cosméticos - Edição 84 - Dezembro 2014.